10 Funções cruciais do Subsíndico

sindico conversando com subsindico

Se precisa informações sobre as funções do subsíndico chegou no lugar certo. Vamos abordar as informações mais importantes desse assunto.

Cuidar de um condomínio é uma função complexa que exige trabalho e dedicação.

O síndico é o famoso salva vidas dos problemas de todo condomínio, mas ele pode também contar com um assistente essencial para ajudá-lo na gestão, o subsíndico.

Com o aumento dos tamanhos dos prédios e a criação de blocos, a presença do subsíndico pode auxiliar muito na melhoria da gestão dos condomínios.

O síndico tem seus compromissos com os atos administrativos atribuídos pelo Art. 1347 do código civil.

Já a função do subsíndico não é prevista em lei, mas devido a sua importância e necessidade, tornou-se muito comum nos condomínios.

 Mas como deve ser a eleição do subsíndico?

reuniao de condominio

Na legislação do código civil não há disposição específica sobre subsíndicos.

Dessa forma, é necessário que a regulamentação seja feita pela convenção do condomínio. Depois, deve-se estabelecer suas funções.

Para isso, a orientação é, em primeiro lugar, convocar uma reunião de assembleia para a realização da eleição.

Não é obrigatório que esta eleição ocorra junto as eleições para síndico, podendo ser convocada a qualquer momento por assembleia extraordinária.

Quantos subsíndicos um condomínio pode ter?

Se o condomínio tiver mais de uma torre, é possível e indicado ter mais de um subsíndico, desde que também seja aprovado na convenção.

Quais pontos são necessários para aprovação na convenção? 

aprovação dos condominos

Além de deliberar sobre as funções do subsíndico e seus deveres, a convenção deve se atentar aos seguintes pontos:

  • a periodicidade de eleição do subsíndico – que não deve ultrapassar dois anos – sendo permitido a reeleição;
  • situações em que o subsíndico assume;
  • atribuições do subsíndico;
  • remuneração do subsíndico – não é comum os subsíndicos serem remunerados, mas em grandes prédios pode-se oferecer honorários, ficando a critério dos condôminos.

Normalmente o subsíndico assume integralmente e legalmente as funções de sindico nas seguintes situações:

Férias, viagens, renúncia, destituição ou morte do atual síndico.

Vamos conferir agora as 10 funções do subsíndico auxilia diretamente para promover o bem-estar e a melhoria da gestão do condomínio:

  1. Seguir e respeitar as normas estipuladas pela convenção do condomínio
  2. Ajudar nas atividades rotineiras do prédio que represente
  3. Respeitar as decisões da assembleia e do regimento interno do condomínio
  4. Posicionar-se com postura e respeito frente aos demais moradores
  5. Construir um canal de comunicação fácil com os moradores
  6. Ser um mensageiro dos moradores do prédio, bloco ou torre que represente
  7. Entender a finalidade e objetivo da gestão do condomínio
  8. Reunir-se com o sindico para repassar informações importantes
  9. Estar sempre atento ao que acontece no condomínio
  10. Assumir integralmente as funções e responsabilidades do sindico em seus períodos de ausência esporádica

Geralmente, o sindico fica com as decisões que são mais estratégicas e o subsíndico dá o suporte e auxilia na rotina da vida no condomínio.

Lembrando sempre que, mesmo sendo subsíndico, este responde ao condomínio, e não ao sindico.

No entanto, como ele é um auxiliar direto do sindico, não pode adotar postura contraria as deliberações da gestão do atual sindico.

Ser sindico ou mesmo subsíndico como você pôde perceber gera deveres e responsabilidades.

Uma Administradora de Condomínios pode assumir praticamente tudo nesse sentido.

Clique aqui para solicitar uma proposta e contratar esses serviços que podem tirar o foco do seu serviço principal.

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp

Inscreva-se

Receba conteúdos exclusivos em primeira mão, via email: